Catadores(as) e a Metrópole

Identidade, processo e luta

Ciclo

Na parte central do livro, o leitor poderá apreciar a percepção e o olhar da fotógrafa Maria Júlia Carvalho ao retratar em imagens alguns dos catadores e catadores que encontramos durante o processo de apuração deste projeto.

Veja as fotos abaixo:

1-15

1. A catadora Terezinha Felipe Costa na Casa de Acolhida Magnália Dei.

2-16

2. Terezinha, sua filha e suas netas exibem a placa com o nome da casa de acolhida.

3-14

3. Terezinha, sua filha Sandra e seis de seus netos.

4-6

4. O catador autônomo Sidney carrega seu carrinho na República, centro de São Paulo.*

5-7

5. O catador Gilson com sua carroça no Anhangabaú em intervalo do trabalho.

6-13

6. A catadora Nanci Darcolete Nazareth, presidente e fundadora da CooperFiladélfia.

7-12

7. Nanci no galpão de triagem de materiais da CooperFiladélfia.

8-11

8. O catador David Almeida Barretos, presidente da central de triagem Nova Esperança.

9-9

9. A catadora Selma Maria da Silva, articuladora do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis.

10-8

10. A catadora Ledianeira na sede da Nova Esperança, ao lado do quadro com a bandeira do MNCR.

11-10

11. O catador Hélião ao lado de tonéis de triagem da Nova Esperança.

12-1

12. A catadora Simone no galpão da Coopere-Centro, uma das maiores cooperativas da cidade.

13-3

13. A catadora Jéssica, na esteira de triagem de materiais da Coopere-Centro.

14-5

14. Catador da Coopere-Centro aguarda a prensa compactar o papelão para enfardá-lo.

15-4

15. Mãos da catadora Jéssica na Coopere-Centro.

16-2

16. Luvas de catadora da Coopere-Centro.

*Na versão para download, as legendas das fotos 4 e 5 estão trocadas.  Corrigimos e deixamos aqui a correspondência certa entre fotos e legendas.

Anúncios

Um comentário em “Ciclo

  1. Helder Mariani
    04/06/2013

    Gostei de ver a “pessoa”, não só o seu “rótulo/personagem”: catador de papel.
    Gosto de serem preto-branco: ressaltam detalhes da “pessoa”, seus olhos, por exemplo. Gosto também a atenção com os laços, as famílias das pessoas. Gosto das fotos posadas que não perderam sua sinceridade; pelo contrário, ressaltam ainda mais os detalhes das pessoas, do humano da nossa espécie.

Que que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Caçamba

%d blogueiros gostam disto: